Portugueses no Rally Dakar estranham falta de rotundas no deserto

Mário Botequilha 7 de Janeiro de 2015

O Rally Dakar continua a decorrer indiferente às recentes eleições internas do PSD/Madeira. Os pilotos portugueses estão a dar-se bem, apesar de entenderem que faltam ao deserto algumas infraestruturas básicas, desde taxistas parados em segunda fila a 20 rotundas seguidas, de distribuidores de jornais gratuitos a bombeiros vendedores de rifas nos semáforos. “Enfim, é o deserto que temos”, conforma-se um dos participantes tugas. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo