Governo vende Ano Novo português aos chineses

Vítor Elias 31 de Dezembro de 2014

Acabou o Ano Novo como o conhecemos. O Governo vendeu o Ano Novo português a um consórcio chinês e os portugueses terão assim de passar a celebrar o Ano Novo chinês, comendo sonhos de gato e engolindo 12 rins de galinha à meia-noite. O ano de 2015 será o ano do rato, que é o que os chineses consideram o primeiro-ministro nacional. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo