José Sócrates enviou email para o DCIAP pedindo para ser ouvido 7 horas antes da prisão mas DCIAP diz que não abriu o email porque tinha medo que fosse um vírus informático

António Marques 19 de Dezembro de 2014

José Sócrates pediu para ser ouvido pelas autoridades 7 horas antes de ser detido no aeroporto de Lisboa. O seu advogado diz que enviou um email para o DCIAP às 15.09 do dia 21 de Novembro, quando Sócrates ainda estava em Paris. O DCIAP confirma: “ De facto, vimos o email enviado por Sócrates mas não o abrimos porque pensamos que era spam, que o Sócrates nos queria impingir medicamentos da farmacêutica onde trabalhava ! Ou o email podia ser um vírus informático ! Seja como for, só na altura em que Sócrates entrou na cela da cadeia de Évora é que abrimos o email ! Ele há coincidências do caneco ! “. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo