Última hora: Juiz Carlos Alexandre fez buscas no cante alentejano

Mário Botequilha 27 de Novembro de 2014

A classificação, pela UNESCO, como património cultural imaterial da Humanidade, não salvou o cante alentejano da justiça. Esta manhã, o juiz Carlos Alexandre saiu do antigo BES directamente para a câmara municipal de Serpa e desta para a Casa do Alentejo de Lisboa e terá apreendido 20 alentejanos a balançar de braço dado de modo suspeito.

O Juiz tem a tese de que o cante alentejano, avança a CM TV, faz parte de um esquema mirabolante de internacionalização musical off-shore que envolve a rumba, a quizomba e a ópera de Viena. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo