Arguidos dos ‘Vistos Gold’ em prisão preventiva já venderam as suas celas a presos políticos chineses por 200 000 euros cada

Vítor Elias 19 de Novembro de 2014

António Figueiredo, Maria Antónia Anes, Jaime Gomes e Manuel Jarmela Palos ficaram em prisão preventiva, mas o IP sabe que a medida de coação terá de ser substituída porque que celas já estão ocupadas por empresários chineses que as compraram por centenas de milhar de euros. “Quando fomos enfiá-los nas celas, já estavam lá um monte de activitas chineses aque compraram as celas por um balúrdio”, reconheceu um agente prisional. “Talvez os arguidos possam ficar em prisão domiciliária, mas já devem ter vendido as próprias casas ao Mao Zedong”, concluiu. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo