Governo explica que luvas a altas figuras do Estado são a prova de que os ‘Vistos Gold’ injectam dinheiro na economia nacional

Vítor Elias 14 de Novembro de 2014

As luvas pagas a altos quadros do Estado pelos chineses e angolanos que compraram casas de luxo em Portugal são, segundo o Governo, mais uma prova do efeito catalisador na economia nacional que teve a ideia peregrina de Paulo Portas. “Em economias menos avançadas, só o dono da casa e o mediador da imobiliária lucravam com o negócio. Nesta nossa nova economia pós-troika, lucra toda a gente: juízes, notários, quadros das fronteiras, todos. É uma pipa de massa injectada por todos os quadrantes da nossa economia”, explicou Paulo Portas. “Os Vistos Gold são a nova Autoeuropa”, concluiu, orgulhoso. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo