Governo acusa António Costa de confundir quilos com metros e explica que a formulação técnica correcta é dizer que o défice resvalou 3 mil calorias, ou seja, uns 500 hectares

Mário Botequilha 28 de Outubro de 2014

O governo e António Costa não se entendem sobre as verbas comunitárias disponíveis em 2015. A este propósito, o secretário de estado Castro Almeida acusou o presidente da câmara de Lisboa de não saber ler os documentos e de ter confundido metros com quilos. “Na verdade”, explica o governante, “os fundos da UE são medidos em calorias, megawatts e polegadas. Não estou admirado. Estamos a falar do mesmo António Costa que não sabe contabilizar o défice em hectares e que desconhece que a unidade de medida da dívida é o tecnoformacoin.” MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo