Gerard Depardieu conta em chocante autobiografia que foi ladrão e prostituto nos anos 60 e administrador da Tecnoforma nos anos 90

António Marques 12 de Outubro de 2014

Gerard Depardieu lançou a sua autobiografia, que está a chocar a França, o mundo e Corroios. Nos anos 60, Depardieu teve uma vida de crime e prostituição e nos anos 90, teve uma vida de esquemas e negociatas, recebendo despesas de representação de 5 mil euros mensais numa ONG ligada à Tecnoforma. O livro termina com a mais chocante das revelações : Gerard Depardieu é amigo de Miguel Relvas. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo