Escolas vão ter painéis, iguais aos das auto-estradas com preço dos combustíveis, com indicação de quantos professores estão ali colocados e nas escolas mais próximas

Mário Botequilha 9 de Outubro de 2014

O ministro Crato continua a inovar o ensino mundial e conseguiu transformar a colocação de professores num país pequeno e com meios informáticos e Internet numa complicação logística que só encontra paralelo no Antigo Testamento.

Agora, para facilitar, diz ele, as escolas passam a ter painéis informativos com o número de professores que lá trabalha, em comparação com os das outras escolas num raio de 40 km, o litro do gasóleo e o preço médio da sandes mista. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo