Passos ganhou 24 mil euros a escrever em jornais durante 3 anos, foi lido por 4 pessoas e uma delas era Miguel Relvas

Mário Botequilha 2 de Outubro de 2014

O PM autorizou a divulgação das suas declarações de IRS, sudokus e poemas de juventude. Passou a ser público que o pensamento de Passos Coelho sobre o sentido da vida, as farófias e um fora de jogo mal assinalado a Simão Sabrosa valeu-lhe 24 mil euros ao longo dos três anos que escreveu nos jornais.
Os seus artigos uniram gerações, fizeram uivar canídeos, inspiraram uma nova forma de cozinhar o cubo de tamboril e uma canção dos Aerosmith sobre lâmpadas ecológicas e foram lidos por quatro pessoas, contando com Miguel Relvas, com o revisor, com o próprio Passos e com um estagiário a quem ele pagava para contar as consoantes de cada prosa. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo