Costa com 70% e Seguro com 30% mas Seguro teve mais posse de bola

Mário Botequilha 29 de Setembro de 2014

As eleições internas do PS ficaram marcadas pela diferença entre Costa e Seguro: o presidente da câmara de Lisboa teve quase 70% dos votos e o ex-secretário-geral ficou-se pelos 30% + todos os rissóis que conseguisse comer. No entanto, Luís Freitas Lobo salienta que Seguro teve maior posse bola e que o seu jogo entre linhas só saiu prejudicado por ter alas lentos e que emperravam o jogo, como Alberto Martins ou Eurico Brilhante. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo