Engenheiro Fernando Santos demite-se e vai estudar Filosofia para Paris se Portugal não se qualificar para o Euro 2016

Vítor Elias 25 de Setembro de 2014

Fernando Santos já é seleccionador nacional e está entusiasmado, mas admite que, caso falhe a qualificação para o Euro 2016, vai tirar ilações. “Eu vou sempre à França. Se tiver sucesso, vou lá disputar o caneco. Se falhar, como engenheiro que sou peço um empréstimo à CGD e rumo a Paris durante um ano sabático para tirar Filosofia na Sorbonne, onde leccionam o Gabriel Alves, considerado por muitos o Heidegger do futebol. Depois, quando terminar o ano sabático, volto a Portugal, faço comentários venenosos na televisão ao novo seleccionador e conjuro com os meus apoiantes para o derrubar”, explicou, comovido como uma criança. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo