António José Seguro diz que os malandros trabalhadores portugueses passam o dia à janela das fábricas

António Marques 11 de Setembro de 2014

Seguro quer um Portugal mais produtivo e atacou os autarcas portugueses, dizendo que passam os dias à janela dos municípios. Seguro afirmou ainda que os médicos e enfermeiros passam os dias à janela dos hospitais, a falar, a beber café e a fumar cigarros e atacou os trabalhadores em geral, dizendo que passam os dias à janela das fábricas. Por fim, Seguro atacou o Papa Francisco, dizendo que passa os dias à janela do Vaticano. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo