Afinal de contas, Guardiola odeia o tiki-taka e Passos Coelho adora os pensionistas

Mário Botequilha 6 de Agosto de 2014

Anda aí um livro sobre Pepe Guardiola em que o treinador espanhol diz que odeia o célebre tiki-taka, a estratégia de jogo de passar a bola 80 vezes a Xavi antes de avançar 10 metros. A surpreendente declaração de Pepe junta-se a outras da silly season, como a de Passos Coelho (que afirmou na Manta Rota que ama todos os pensionistas e que nunca os culpou pelo estado das contas públicas) de Tózé Seguro (que afinal odeia François Hollande) e do apresentador Fernando Mendes (que adora roer aipo e enchidos de seitan). MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo