‘Factores de natureza excepcional’ que explicam prejuízo recorde do BES no primeiro semestre do ano foi a vitória de pré-época de ontem do Benfica

Mário Botequilha 31 de Julho de 2014

Os prejuízos do BES nos primeiros seis meses do ano foram ontem justificados com a frase “factores de natureza excepcional”, não se percebendo se Vítor Bento falava da meteorologia ou do Totobola. O INIMIGO falou com o presidente do BES, que explicou o buraco de 3557 milhões entre Janeiro e Junho com a inesperada vitória de ontem do Benfica num jogo da pré-época. “Não estávamos nada à espera”, explica Bento. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo