Portugueses concordam com pacote de natalidade desde que os membros do Governo não se multipliquem

Vítor Elias 18 de Julho de 2014

Os portugueses receberam com satisfação o novo pacote de incentivo à natalidade, mas temem que por trás dele exista uma agenda tenebrosa.

“Se é para andarem por aí muitos Passos Coelhinhos, esqueçam”, afirmou um nadador-salvador da praia urbana do Jardim do Toril. “E só de pensar que ainda possam vir aí mais uma ninhada de Cavacos, até tremo”, concordou um vendedor de Bolas de Berlim do novo resort atlântico da Amadora. “É assim, eu só concordo com o pacote se existir uma cláusula que obrigue os membros do Governo a serem celibatários”, concordou David Hasselhoff, director da nova praia urbana de Picoas. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo