Louis Van Gaal reconhece que lançar guarda-redes Tim Krul para defender penalties é táctica inspirada no lançamento de António Costa quase em cima das legislativas

Vítor Elias 8 de Julho de 2014

Louis Van Gaal explicou hoje ao IP o que o levou a lançar Tim Krul a um minuto do fim do prolongamento no jogo contra a Costa Rica.

“Inspirei-me no PS”, disse o seleccionador holandês. “O Mário Soares e os socratistas tiveram uma estratégia igual. Engonharam durante três anos com o Seguro e depois, quando se aproxima o momento da verdade, zás!, tiram o António Costa do banco, colocam-no a aquecer e lá vai ele para as legislativas fresquinho como uma alface. É tudo ‘mind games’. O seleccionador da Costa Rica ficou com a mesma expressão abananada do António José Seguro”, concluiu, a rir. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo