Médico da Selecção Nacional trabalhava no sector privado para outras selecções

Vítor Elias 7 de Julho de 2014

Henrique Jones, o médico da Selecção Nacional, já foi ouvido pela direcção da FPF para justificar o falhanço da equipa no Mundial e, ao que o IP apurou, revelou o problema.

“Como médico que sou, não consigo trabalhar apenas no público. Ao meu trabalho na Selecção Nacional, obviamente acumulava emprego na Selecção da Espanha, da Itália e da Inglaterra. O resultado é o que se sabe”, explicou, revelando ainda que entra hoje em greve e por isso os 22 jogadores da Selecção lesionados vão ter que comer canja de galinha e aguentarem. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo