Facebook reconhece que manipulou as emoções dos utilizadores e que tem estado a chefiar o Estado português

Mário Botequilha 30 de Junho de 2014

O Facebook admitiu que fez uma série de experiências com as publicações disponíveis de milhares de utilizadores, para estudar aquilo que designou por ‘contágio emocional’, recorrendo a frases de Gandhi sobre um nascer do sol ou fotografias de cães vestidos a dizerem coisas francamente divertidas sobre semáforos em balões de BD.

“Manipulámos as pessoas e somos o chefe de Estado, de facto, em Portugal graças a uma coisa a que chamámos ‘Facebook da Presidência’. LOL e kkkkkk”, diz o Facebook. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo