Portugueses a trabalhar na Al-Qaeda considerados os terroristas mais profissionais, humildes e muito bons a trabalhar em equipa

João Henrique 20 de Junho de 2014

As secretas sinalizaram seis cidadãos nacionais que abandonaram a sua zona de conforto para ir combater na Síria pela Al-Qaeda.

E como sempre o português que aqui dentro é um calinas lá fora dá tudo. Os líderes da organização terrorista estão encantados com os portugueses. “Os portugueses são terroristas muito profissionais. Nunca chegam atrasados, trabalham com prazer, fazem tudo o que lhes é pedido, fazem horas extra, aceitam críticas, estão sempre dispostos a melhorar, são amigos de toda a gente, aprenderam rápido a falar árabe e escrevem da direita para a esquerda e de baixo para cima sem qualquer dificuldade. Fazem bombas com muita qualidade técnica e nunca falham um atentado”, revelou um líder da Al-Qaeda. JH

Tópicos

Últimas

Do arquivo