Passos pede clarificação do acórdão do Constitucional e que lhe expliquem aquilo como se fosse o António José Seguro

Mário Botequilha 3 de Junho de 2014

O Primeiro já deita fumo pelas orelhas.

Passos decidiu pedir uma “clarificação técnica” do acórdão do Tribunal Constitucional que, diz ele, condenou o país a desaparecer num buraco. No texto a que o INIMIGO PÚBLICO e Raul Meireles tiveram acesso, Passos pede aos juízes do TC que lhe expliquem o chumbo “como se eu fosse o Tózé Seguro ou o Tózé Seguro e o Eurico Brilhante juntos, se fazem favor”. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo