Feira do livro de Lisboa: Passos anuncia imposto especial sobre livros com vogais

Mário Botequilha 29 de Maio de 2014

A Feira do Livro arranca hoje, ainda abalada pela declaração de Jorge Jesus à Benfica TV de que não é Eça de Queirós.

Passos Coelho viu aqui mais uma mina para esmifrar as pessoas e emitiu um despacho, ao fim da manhã, em que tributa “a aquisição de livros contendo uma ou mais vogais numa taxa de 80 cêntimos por vogal” (alínea 3 do despacho 3058/2014). Não está posto de lado um imposto de selo sobre o eufemismo. A Nova Gente prevê a cobrança de IMI sobre os ditongos. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo