António José Seguro não entende qual é a pressa de ter uma vitória de jeito em eleições

Vítor Elias 26 de Maio de 2014

António José Seguro conseguiu ontem uma vitória pífia nas eleições europeias, não porque não quisesse uma vitória retumbante, mas porque não entende qual é a pressa de a ter.

“Qual é a pressa? Qual é a pressa de ter uma vitória que afaste de vez as possibilidades de Passos Coelho ser reeleito primeiro-ministro e de António Costa ficar com o meu lugar? Sinceramente, qual é a pressa?”, perguntou o líder do socialista. “A Frente Nacional venceu as eleições em França? A França devia fazer alguma coisa? Mas alguma coisa, o quê? Qual é a pressa”, concluiu. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo