Passos Coelho explica que documento de estratégia orçamental é uma retaliação por ter sido agredido por Enzo Pérez

Mário Botequilha 29 de Abril de 2014

O Benfica, e o desporto português em geral, revoltaram-se contra a parcialidade da UEFA em relação à queixa da Juventus sobre uma alegada agressão de Enzo Pérez no primeiro jogo das meias-finais da Liga Europa.

Passos Coelho, que aproveita qualquer desculpa para esmifrar os contribuintes, garante que também levou “uma trolitada do médio benfiquista. Os portugueses não se ficam a rir. Vão levar com o documento de estratégia orçamental nas fuças. Esses milionários e plutocratas que são os funcionários públicos e os pensionistas que se preparem”, ri-se o PM. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo