Nuno Melo exige que Constâncio explique onde estava quando Paulo Portas comprou os dois submarinos

Mário Botequilha 2 de Abril de 2014

Nuno Melo não larga Vítor Constâncio.

Depois da lista de confirmação de paradeiros suscitada pela entrevista de Durão Barroso ao Expresso, o dirigente do CDS apareceu hoje a gritar com Constâncio e exigiu-lhe que explicasse por onde andava quando “Paulo Portas enterrou ainda mais as finanças públicas com o negócio mal contado dos submarinos. Explique-se. Estava a ouvir canções da Popota?”, pergunta Melo. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo