Desemprego jovem baixou mas ainda causa insónias a Miguel Relvas

Vítor Elias 25 de Fevereiro de 2014

Dados estatísticos revelam que, nos últimos trimestres, o desemprego jovem baixou em Portugal, mas os números ainda não são suficientes para fazerem Miguel Relvas voltar a dormir.

“Disse e repito: o desemprego jovem tira-me o sono, por isso passei a dormir mais uma hora, mas ainda acordo às três da manhã a gritar e a chorar pelos jovens portugueses”, explicou o reabilitado político. “Por isso é que o Passos Coelho me foi buscar outra vês. Como os desempregados jovens me causam insónias, tenho muito tempo livre para preparar as eleições europeias do PSD na sombra”, concluiu. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo