Mau tempo arrasa casa de Oliveira Salazar e Mário Soares passa a defender as alterações climáticas

Vítor Elias 18 de Fevereiro de 2014

As tempestades dos últimos dias arrasaram a casa de António Oliveira Salazar em Santa Comba Dão, deixando-a num estado tão lastimável que mais parece a casa da Sónia Brazão.

Mário Soares soube da notícia quando estava a escrever o enésimo artigo para o “DN”sobre o neo-liberalismo e os ventos “ciclópicos” (sic), mudando imediatamente de opinião. “Os ventos ciclópicos, tsunamés gigantes e o furacão El Mono são todos causados pelo José Sócrates, que destrói a casa dos fascistas e defende o Estado Social”, escreve o decano da meteorologia. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo