Cavaco só aceitará a co-adopção por gays que tenham sido accionistas da SLN

Mário Botequilha 28 de Janeiro de 2014

O presidente enviou hoje a proposta de referendo à co-adopção por casais do mesmo sexo para o Tribunal Constitucional e para o Prós e Contras.

No ofício que endereçou aos juízes, Cavaco lembra que o referendo também devia falar na danação do Inferno para os não heterossexuais e diz-se disposto a aceitar a co-adopção por dois gays ou lésbicas que tenham sido accionistas da SLN. “Assim é que é bonito e católico”, lembra o senhor. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo