Populações do Interior dizem que queda de granizo apenas em Lisboa é mais uma demonstração do centralismo inaceitável de Passos

Mário Botequilha 17 de Janeiro de 2014

Os autarcas e as forças vivas do Interior, do Norte e das regiões autónomas estão furiosas com Passos Coelho e Paulo Portas.

A granizada monumental que hoje se abateu sobre Lisboa, dizem eles, é a prova de que vai tudo para Lisboa e que, para o governo, o resto do país é paisagem. “O granizogate abriu uma ferida entre o poder central e o país que será muito difícil de sarar”, dizem as tais forças vivas e até algumas forças moribundas. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo