Governo aprova lei-relâmpago que aumenta IRS dos juízes do Constitucional para 150% dos seus rendimentos

Mário Botequilha 20 de Dezembro de 2013

A reacção do governo, à decisão de ontem do Tribunal Constitucional sobre a convergência de pensões, chegou esta manhã com um Conselho de Ministros extraordinário que aumentou o IRS dos juízes para 150% dos seus rendimentos e sem direito a abatimentos.

Os 13 juízes também passam a ter apenas uma manhã de férias a cada 50 anos e o subsídio de Natal será pago à razão de 14 cêntimos por década. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo