BCE, FMI e Comissão obrigam piloto português da Red Bull a cortar no combustível e trocas de pneus

Mário Botequilha 6 de Dezembro de 2013

António Félix da Costa vai ser piloto de reserva da equipa Red Bull.

A notícia foi bem recebida pelos fãs da Fórmula 1 mas a Troika entrou de imediato em campo e obrigou o piloto português a levar a cabo várias medidas de austeridade, como cortes nos abastecimentos de combustível, nas trocas de pneus e nas modelos esculturais de mini-saia nos dias de provas. Mesmo assim, o chefe de governo, Paulo Portas, considera que isto abre boas perspectivas para Portugal exportar mais parafusos e cavilhas para a Ásia. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo