Alunos de cursos profissionais têm mais empregabilidade como se vê pelo exemplo do Eduardo Catroga

Vítor Elias 11 de Novembro de 2013

Cerca de 70% dos alunos de escolas profissionais conseguem emprego nos seis meses que se seguem à conclusão do curso.

O caso mais paradigmático é o de Eduardo Catroga, que andava sem rumo na vida até que concluiu um curso profissional de coiffeur de pêlos púbicos e, armado com o seu conhecimento técnico em pentelhos, encontrou emprego na administração não-executiva da EDP. “Se tivesse ido para um uso inútil como o de Humanísticas aprender a rimar ‘pentelhos’ com ‘vermelhos’, hoje em dia ainda estaria desempregado”, garantiu Nuno Crato. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo