Ministros vão gastar 35 milhões de euros em viagens, infelizmente todas elas de ida-e-volta

Vítor Elias 18 de Outubro de 2013

O Governo aprovou um aumento de 1% nas despesas dos ministérios em deslocações para 2014, mas, por incrível que pareça, de todas as viagens que os ministros e o primeiro-ministro farão, nenhuma delas é apenas de ida.

“Poupar-se-ia imenso se se todos eles fizessem uma viagem apenas de ida, de preferência para muito, muito longe, como o Sri Lanka ou a Papua Nova-Guiné”, explicou Marques Mendes. “E de preferência num daqueles zeppelins que explodem”, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo