Luís Filipe Menezes estoira orçamento de campanha em porcos, CNE obriga-o a assar apenas leitões

Vítor Elias 19 de Setembro de 2013

A decisão de Luís Filipe Menezes em andar pelos bairros populares do Porto a assar porcos no espeto fez com que as contas da sua campanha derrapassem, nomeadamente em gordura de porco.

A CNE e o Tribunal de Contas estão atentos ao descalabro orçamental e exigiram já que o candidato social-democrata se limite a assar pequenos leitões e a oferecê-los apenas nos principais bairros portuenses e não em todos. De referir que este hábito tem profundas raízes na História da democracia parlamentar desde que John F. Kennedy ganhou as eleições norte-americanas a Richard Nixon por grelhar febras em Washington D.C. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo