Abebe Selassie voltou a Portugal porque a sua saída da ‘troika’ foi ‘irrevogável’

Vítor Elias 17 de Setembro de 2013

Muitos se questionaram ontem sobre o que estaria Abebe Selassie a fazer na Portela, quando supostamente teria sido substituído na “troika” por Subir Lall.

Na realidade, o IP apurou que a saída do economista etíope da “troika” foi “irrevogável”, tendo portanto permanecido e sendo agora representante plenipotenciários dos mercados, novo vice-presidente do FMI e sócio honorário do Benfica. “Estou para ficar, como o Óscar Cardozo”, confirmou. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo