Passos estabelece uruguaio que sobreviveu 4 meses nos Andes a comer ratos e uvas como novo paradigma do funcionário público português

Mário Botequilha 9 de Setembro de 2013

A história épica de Raúl Fernando Gómez Circunegui faz escola no governo de Portugal.

Este uruguaio de 58 anos, desaparecido há quatro meses nos Andes, foi encontrado vivo graças a um notável instinto de sobrevivência que até o levou a comer passas e ratos. Passos Coelho já informou Ana Avoila que o funcionário público português tem de ser fortemente circuneguizado. Mas com uma ressalva: “A parte das passas parece-me desnecessária. Fica caro. Os funcionários públicos portugueses podem bem passar sem esses luxos tipo Dubai”, alvitra o PM. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo