Viagem de Cavaco Silva às Selvagens foi autorizada por Alberto João Jardim , cidadão que acredita ser dono do “ Principado da Madeira “

António Marques 18 de Julho de 2013

Renato Barros, que acredita ser dono do principado do Ilhéu da Pontinha, junto ao Funchal “ deu autorização ” a Cavaco para atravessar o seu território rumo às Selvagens.

O autoproclamado príncipe Renato tem como lema do seu principado “ As palavras faladas voam, as escritas permanecem “. Já Alberto João Jardim, que acredita ser dono do principado da Madeira, também “ deu autorização “ a Cavaco para atravessar o seu território, após uma busca da Polícia da Madeira ter verificado que no navio , além do PR, não viajava nenhum “ senhor de Lesboa “ ou “ cubano do Contenente “.O autoproclamado príncipe Alberto tem como lema do seu principado “ O dinheiro voa, a dívida permanece “. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo