Estado da Nação: metáforas com óbitos e velórios mostram que segundo resgate já está a ser negociado com a Servilusa

Mário Botequilha 12 de Julho de 2013

Os deputados da oposição, durante o debate do Estado da Nação desta manhã, usaram e abusaram das alegorias com estados de coma, velórios, enterros, óbitos e cacetadas com barrotes na cabeça.

O think tank de política do INIMIGO considera que isto é um indício claro de que o segundo resgate do país já está a ser negociado com uma troika de funerárias liderada pela Servilusa e com assessoria técnica de Durão Barroso e do carro-vassoura da Volta à França. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo