SWAPS de Sócrates foram “tóxicos“, SWAPS de Passos são “exóticos“ e SWAPS de Seguro serão “paradisíacos polinésios“

António Marques 28 de Junho de 2013

Maria Luís Albuquerque, (uma mulher tão fria e impassível que faz Vitor Gaspar parecer o João Baião!) secretária de Estado do Tesouro (em inglês “United States Secretary of the Treasury“ soa cool mas em português parece uma frase de um livro de Os Cinco!), foi à AR explicar porque é que os SWAPS da Refer eram bons e porque é que os outros SWAPS eram maus como a merda (algo como um tipo dizer que a SIDA dos outros é trágica mas a SIDA dele é porreira!). A bloquista Ana Drago afirmou exaltada (Ana Drago tem de começar a tomar chá de valeriana, anda mais histérica que a Penélope Cruz num filme do Almodóvar!) que “entregar o processo dos SWAPS a MLA é como entregar o julgamento a um dos arguidos“ (a moça tem talento para ser repórter do IP!). Maria Luís Albuquerque ouviu e deu imperturbável a sua versão. Já não se via um olhar tão gelado desde o olhar do Ivan Drago no mítico Rocky IV. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo