FMI pensava que o Pitágoras era ministro das Finanças grego

Vítor Elias 6 de Junho de 2013

O FMI reconheceu ter cometido “erros notáveis” no memorando de entendimento que assinou com a Grécia, atacando ainda duramente a Comissão Europeia.

“Nós pensámos, ‘os gajos cortam e tal, mas não há problema, porque, quer dizer, têm lá o Pitágoras, o inventor da Matemática, não deve haver problema”, confessou Christine Lagarde. “O Selassie, que era meu assessor, disse até que os gregos podiam pedir ajuda aos espartanos e só com 300 gajos conseguiam manter a economia a funcionar ou coisa que o valha, acho que viu isso num filme. Mas a Comissão Europeia é pior. O Durão Barroso pensava que a construção do Partenon tinha sido uma PPP”. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo