Guião para a reforma do Estado elaborado por Paulo Portas será aberto a chantagens

Vítor Elias 31 de Maio de 2013

Um documento “aberto e não muito grande”, susceptível de ser alterado em concertação social, será o guião para a reforma do Estado elaborado por Paulo Portas.

Mais importante ainda, segundo Mário Soares o documento será aberto a toda a espécie de pressão ilegal, chantagens e “bullying” do PSD sobre o líder do CDS-PP, que escreverá no guião tudo o que Passos Coelho quiser ou então o João Almeida “dorme com os peixes”. “A inclusão no guião de uma medida que despede todos os funcionários públicos não está minimamente relacionada com o desaparecimento do Nuno Melo”, confirmou Paulo Portas. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo