Portugueses que sofrem de disfunção eréctil acham que devem estar sempre prontos para o sexo tal como Seguro para ser primeiro-ministro

Vítor Elias 29 de Maio de 2013

Um estudo revela que o principal problema dos portugueses que sofrem de disfunção eréctil é acharem que devem ser “machos latinos” sempre prontos para o sexo.

Este preconceito também explica, segundo o estudo, a disfunção política de António José Seguro, que nunca se consegue entumecer em bicos de pés precisamente porque acha que tem de estar sempre pronto para ser tornar primeiro-ministro. “Ele só pensa nisso, é por isso que, na hora H, afrouxa”, reconheceu Carlos Zorrinho, que acha que deve estar sempre pronto para se tornar ministro dos Negócios Estrangeiros. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo