Jorge Jesus canta ‘Don’t Cry For Me, Argentina’ ao plantel do Benfica

Vítor Elias 27 de Maio de 2013

O destino foi cruel para Jorge Jesus neste final de época, mas o treinador não quer comiserações.

Falando ao Gaitan, ao Garay, ao Aimar, ao Enzo Pérez e ao Salvio, um emocionado Jorge Jesus, lavado em lágrimas, cantou da bancada presidencial “Don’t cry for me Argentina”, enrolando o seu cabelo dourado num carrapito. O povo argentino chorou e lamentou a sorte do amado líder, enquanto Luís Filipe Vieira, sentindo-se miserável, se assomou e cantou “I dreamed a dream in time gone by, when hope was high and life worth living”. No final, ambos foram empurrados da bancada, pelas escadas do estádio abaixo, pelo Óscar Cardozo. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo