Habitantes de Oeiras acham que se Isaltino pudesse ser detido num estabelecimento penal feminino nunca tinha interposto recursos

Inimigo Público 22 de Maio de 2013

Os habitantes de Oeiras, ouvidos pelo jornal “i”, desculpam Isaltino Morais de tudo o que fez, defendem-no com unhas e dentes e garantem que o seu único pecado “é gostar de mulheres”.

Segundo estes habitantes, Isaltino apenas andou anos e anos a escapar-se à prisão com recurso atrás de recurso porque não quer ficar detido num estabelecimento cheio de homens, sem poder sentir o doce perfume dos cabelos de uma mulher ou o toque suave das suas saias. Tivesse ele sido condenado a pena num estabelecimento penal feminino, logo se teria entregue vestido de fato e branco e mocassins sem meias, como o Julio Iglesias. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo