Vítor Gaspar fica no Governo porque só quer estar onde o odeiem

Vítor Elias 2 de Maio de 2013

Se José Mourinho abriu a porta da saída do Real Madrid por só gostar de estar onde o amem, referindo-se à Inglaterra, Vítor Gaspar frustrou as expectativas de milhares de socialistas quando afastou qualquer possibilidade de saída pela razão oposta.

“Eu só gosto, aprecio, cuido de estar onde me odeiem, abominem, execrem. O ódio das pessoas alimenta-me, nutre-me, engorda-me. Por isso, portanto, por conseguinte, não vou a lado nenhum, nenhures, nicles”, explicou o ministro. Já Paulo Portas diz que pode sair do Governo porque há na Oposição muitos partidos que o amam, principalmente um, referindo-se ao PS. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo