Estudo que serve de pilar à austeridade foi escrito pelo Rogoff das pílulas de alho

Vítor Elias 18 de Abril de 2013

Um estudo revela que a tese “Crescimento em tempos de dívida” do economista Kenneth Rogoff, um dos pilares para as actuais medidas de austeridade na Europa, contém vários erros de Excel e as suas conclusões entre endividamento público e pouco crescimento não fazem sentido.

Aliás, o IP sabe que nem sequer foi Kenneth Rogoff que escreveu a tese, mas o Rogoff das pílulas de alho, que culpa a dieta mediterrânea dos países do Sul pelo hálito que ele tem. Rogoff defende que o alho não faz bem à saúde e que todas as pessoas deviam tomar pílulas de sauerkraut. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo