Bruno de Carvalho foi buscar a Troika ao aeroporto

Mário Botequilha 15 de Abril de 2013

“Apanhámos um grande cagaço.”

Foi assim que os elementos da Troika, que regressaram hoje a Portugal, referiram o choque que sentiram quando viram que o novo presidente do Sporting era o português destacado para ir buscá-los à Portela. A escolha de Bruno de Carvalho é lida pelo “Financial Times” como uma manobra de intimidação brilhante por parte de Portugal. “Portugueses pressionam credores com homem com voz de Manuel Alegre que fala grosso à banca”, titula a edição online do jornal. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo