Constitucional responde à declaração de guerra de Passos e passa à luta armada

Mário Botequilha 8 de Abril de 2013

Os juízes do Tribunal Constitucional desenterraram as armas que tinha nos canteiros do jardim e estão ausentes em parte incerta.

15 minutos depois da declaração de guerra de ontem de Passos Coelho já os juízes tinham passado à clandestinidade (num hotel do Buçaco, diz-se). Aguardam-se, a qualquer momento, ataques dos juízes a interesses do governo (banca, Borges, Catroga, etc.). MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo