Seguro triste por ninguém passar factura em seu nome

João Henrique 2 de Março de 2013

Apesar do governo viver tempos altamente conturbados, António José Seguro não está minimamente aliviado por estar a ser poupado pela população, cuja raiva está mais focada em quem dirige o país e menos na oposição.

“Circulam na net NIF’s de Miguel Relvas, Vítor Gaspar e Paula Teixeira da Cruz. Estas facturas diariamente entopem as Finanças. E eu fiquei a saber que não existe uma única factura, uma miserável facturinha em meu nome pedida por um cidadão revoltado com a classe política. As pessoas parecem não ter conhecimento do meu número de identificação fiscal e isso é triste. Isso faz-me sentir ignorado pela população, que olha para mim como um sujeito que não anda aqui a fazer nada de relevante ao ponto de causar total indiferença. Eu quero que as pessoas se revoltem comigo. Eu quero ser «grandolado», eu quero sentir-me um bocado responsável pela situação. Tratem-me como um político, caramba!”, pediu Seguro. JH

Tópicos

Últimas

Do arquivo