Único desempregado alemão pede a demissão imediata de Angela Merkel

António Marques 2 de Março de 2013

Em 2013, o desemprego na Alemanha é de 2,8% (a Alemanha, ao contrário de Portugal, que fabrica produtos baratos, fabrica produtos de alta tecnologia: uma criança chinesa de 8 anos demora 2 segundos a fazer umas cuecas mas já demora 3 horas a fazer um Porsche Carrera!).

As exportações cresceram 9,4% e o PIB cresceu 3,4% (e Merkel só se preocupa com os PIGS, no dia em que Merkel governar o seu país, a Alemanha ultrapassa a China e os EUA!). Apesar disso, há 20% de alemães descontentes com Merkel e que exigem outro chanceler (algo como os adeptos do Barça estarem descontentes com Messi e exigirem Wolfswinkel!). O que esses alemães precisavam era de serem governados 1 mês pelo chanceler Passos Coelho. Iam gostar mais da Merkel do que gostam da Heidi Klum. A.M

Tópicos

Últimas

Do arquivo